sábado, 22 de janeiro de 2011

Gata Casada putinha e safada transando com desconhecido

Sou uma mulher muito safadinha adoro sentir olhares sobre mim,sentir o desejo dos homens quando wu passo isso me excita a ponto de chegar em cas e ter que me masturbar pensando em como seria otimo ser possuida por qualquer um desconhecido.Pensando nisso entrei em um site desses de sexo e me increvi postei algumas fotos minha de ligerie e esperei obtive varias respostas desde meninos ate homens bem mais velhos que eu;ah ja ia me esquecende de alguns detalhes sou casada mais depois de alguns bons anos de casada não existe mais essa coisa de a pessoa te olhar e vc ja se acender,sou uma mulher gosotosa o tipo grande coxas grossas,1.70 de altura,seios fartos uma bunda grande e uma bucetinha de dar inveja.

Voltando passei uma semana pesquisando com qual daqueles desconhecidos eu iria trepar e não foi muito dificil de escolher escolhi o mais sacana ,aquele que me parecia o mais safado ,nos falamos umas duas vezes no msn e combinamos de nos encontrar ele chamava-se rick esse era seu nick ,marquei em um shopping perto da minha casa pois queria ter certeza que ele era mesmo gostoso pelo menos visualmente.

cheguei e vi aquele homem alto do jeito que ele havia se descrito pra mim,moreno,1.85 de altura nem forte nem magro de camisa salmão como haviamos combinado ele de camisa salmão eu de vestido rosa bebe.

Fui falar com ele e rapidamente simos daquele local ele me comia com os olhos e isso estava me deixando loca com sou bem safadinha ,fui sem calcinha e sem sutian deixando a mostra a sombra doque ele teria ,ele me olhava e seu pau reagia com os seus olhos crescia cada vez mais podia ver o enorme volume na sua calça.

fomos pro carro delee de la direto pra um motel chegando no carro ele ja passou a mão nas minhas coxas e levemente os dedos entre as minhas pernas assim seconvencendo que realmente eu estava sem calcinha,nossa minha bucetinha estava molhadinha de tanto tesão o proibido o desconhecido era um misto de coisas na minha cabeça.

mal entramos na garagem do quarto do motel e ele ja foi levantando meu vestido e começou a me tocar dedilhava a minha xana como um pianista faz em seu piano,começou a beijar meu pescoço meus seios e em fração de segundos eu ja estava nua totalmente vulneravél a eleisso me excitava cada vez mais deixei-me ser conduzida pelo tesão, ele tocou levemnte meu clitóris com seu dedos abios e fui ao delirio gemi alto muito alto era um gemido que estava a tempos preso em minha garganta,percebendo isso ele abaixo-se e começou bem devagar a mordiscar minha buceta enquanto dedilhava o meu cusinho com maestria enfioua aquela lingua quente na minha buceta e começou a me chupar deliciosamente enquanto enfiava seu dedo cada vez mais em meu cusinho e eu gemia ,chorava de prazer gozei a primeira vez em sua boca com uma devassa fiquei com as pernas mole e depois de alguns segundos me recompus e ai foi a minha vez de começar a chupalo tirei acalça dee ali mesmo afinal quem entraria ali e abocanhei aquele maravilhoso mastro estava com tanta sede de um pau que engolia ele de uma vez sóchupei qte ele quase gozar ele me parou me pegou pelo braço e entramos no quarto com ele me agarrando por traz sentoa seu pau pulsar em minha bunda,me colocou de 4 e recomeçou a me chupar dessa vez chupou meu cusinhu minha xana entre um e outro ele enfiava o dedo ora no cu ora na xana e eu delirava estava me sentindo uma vadia.

pegou seu pau e de uma só vez enfiou em minha xana gritei gemi pedi qie metesse com mais força mais ele fazia um misto de tortura e de prazer ia hora devagar ,hora rapido isso me deixava louca de tesão Deitou-se e me fez cavalgar em seu pau quase sentia ele na garganta sem exageros de tão enorme aquela vara era,cavalguei gostoso ai eu tomei as rédias da situação levantei só pra poder recolocar o pau em outro lugar que estava piscando de vontade de senti-lo no meu cusinhu,sentei ele fez uma cara de quem queria que enfiasse tudo eu tbm queria mais estava com medo daquele pau me machucar então fiquei de cocoras em cima dele e devagar fui descendo sentindo minhass entranhas se rasgando mais me deliciando com tudo aquilo e comecei um movimentode sobe desce que estava nos levando a loucura ele começou a dedilhar novamete a minha xana e eu estava quase gozando quando mepega e cola-me de 4 não gostosa quero gozar no seu cusinhu de 4

e assim foi me pois de 4 e me enrabou novamente enquanto me dedilhava deliciosamentee eu só pedia para que ele metesse mais cada vez mais gozei como nunca e ele tambem ficamos alguns instantes meio que petrificados com o tesão que foi tudo aquilo minutos depois ele perguntou se eu ja queria ir eu respondi que sim e ele me levou ate o shopping onde eu havia deixado o meu carro mais não resisti chegando la dei uma ultima mamada naquele pau e suguei ate a ultima gota de porra que havia sobrado ali.

Ao descer do carro ele pede pra eu dizer ao meu marido que se soubesse que eu era tão gostosa não teria cobrado.

cheguei em casa e não comentei nada fui direto pro meu quarto tomar um banho e quando estava no chuveiro meu marido entrou nu dentro do chuveiro comigo e disse:

gostou do seu presente ,agora quem vai querer o seu cusinhu como forma de gratidão sou eu eu fiquei muda sem saber oque falar ele se sentou no vaso e me fez sentar em seu pau que é uma pena não utiliza-lo sempre pois ele é enorme maravilhos com meu cusinhu ainda dolorido mais desnortiada diante da revelação sentei em seu pau ele me comeu como umcavalo e eu como uma vadia que sou enquanto ele metia no meu cu eu dedilhava minha xana gozei novamente

ele tirou seu pau prra fora do meu cu me fez ajoelhar e beber todo seu leitinho e claro sem deixar sobrar nada fiz com gosto

na hora de nos deitarmos ele me explicou que havia copiado algumas conversas minhas on-line e resolveu contratar o rick que na verdade se chama-va fernando e lhe explicou o site qual era meu nick e sabendo das minhas preferencias tinha certeza que iria escolhe-lo e era isso que faltava em nossa relação um pouco de avemtura.e a partir dai saio com os homens que me dar vontade ddesde que quando voltar pra casa tenho que dar meu rabinhu pra ele como boa cadelinha que sou.

Fotos

Marcadores: , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial